Democratização, Memória e Justiça de Transição nos Países Lusófonos

Organizado por Maria Paula Araújo e Antonio Costa Pinto

A chamada terceira onda de democratizações conduziu a maioria dos países lusófonos à transição e consolidação de regimes democráticos, ainda que a qualidade das suas democracias seja muito variável. O ciclo de democratizações abriu-se com a revolução do 25 de Abril de 1974 em Portugal, terminando com a independência e democratização do pequeno Estado de Timor- Leste, em 2002. Ditaduras, guerras civis, e ocupações militares marcaram estes processos e deixaram muitos legados aos regimes democráticos. Este livro aborda diferentes aspectos dos legados autoritários, das democratizações, da justiça de transição e das políticas do passado nos países lusófonos.

Published on 31/05/2017
Autografia